Prefeitura intensifica recuperação de vias com rolos compressores e massa asfáltica especial

Equipes, que trabalham em turnos de 16 horas, percorrem ruas do Santa Efigênia, Parque Real e Itaguaí. Operação seguirá em todos os bairros

A Prefeitura de Caldas Novas, por meio da Secretaria de Transportes, segue em ritmo acelerado para recuperar as vias da cidade que foram danificadas com o período chuvoso. As equipes usam a nova massa asfáltica, própria para período chuvoso, chamada Composto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ), para tampar todos os buracos. Para garantir durabilidade do material, rolos compressores são usados. Os trabalhos seguem hoje nos setores Santa Efigênia, Parque Real e Itaguaí.

Segundo o secretário de Transportes, Cristiano Nicolau, as equipes percorrerão todos os bairros. “A malha asfáltica da maioria dos bairros de Caldas Novas já é antiga, superior a 10 anos. Mas, não estamos de braços cruzados, estamos agindo na manutenção e na recuperação. O objetivo é que todas as ruas destes setores, que iniciamos hoje, receberão a massa asfáltica. Logo seguimos para outras vias, que também necessitam da operação tapa buraco. Com a nova massa e os rolos compressores, vamos garantir um serviço durável.”, ressaltou o secretário.

O prefeito Evandro Magal (PP) lembrou que nesta semana novos caminhões da massa CBUQ chegarão à cidade. A coordenação das  equipes seguem em turnos de 16 horas por dia. “Lidamos com um asfalto antigo e com um período de chuvas intensas, o que contribui para este cenário. Mas cobro dia e noite por melhorias. Fomos atrás de uma massa própria para a chuva, colocamos os rolos compressores para a compactação e os trabalhadores seguem em equipes para todos os bairros”, explicou o chefe do executivo. A previsão é que a operação dure por mais 60 dias. Trechos com altas danificações serão reconstruídos.

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#caldasnovas | GESTÃO MUNICIPAL ANUNCIA MUDANÇAS NO COMANDO EM VÁRIAS PASTAS

Em Caldas Novas, as pastas de Saúde, Desenvolvimento Rural, Administração, Desenvolvimento Econômico, Relações Institucionais, Escola …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *