Homem é condenado a mais de 20 anos por femicídio, em Pires do Rio

O operador de máquinas Túlio Oliveira da Silva foi condenado pelo Tribunal do Júri de Pires do Rio a 20 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão pelo homicídio qualificado de sua companheira, Vanessa Esquivel Santana. O julgamento, que aconteceu no último dia 20, foi presidido pelo juiz José dos Reis Pinheiro e a acusação feita pelo promotor de Justiça Fabrício Roriz Hipólito.

Conforme apontado na denúncia, oferecida pela promotora Lorena Castro Carvalho, o feminicídio ocorreu no dia 14 de novembro de 2015, na residência do casal. Segundo apurou-se, naquele dia a vítima havia terminado o relacionamento amoroso que mantinha com Túlio, com quem convivia há cerca de dois anos e tinha dois filhos, ficando acertado que no outro dia ele sairia de casa.

No final do dia, o réu pediu que a vítima o auxiliasse a retirar um colchão que estava na varanda da casa para levar ao quarto. Assim, chegando ao quarto, ele começou a esfaquear Vanessa Santana, causando-lhe as lesões que causaram sua morte.

Os dois filhos do casal, outras quatro crianças e uma amiga deles que estavam na casa testemunharam o crime através da janela do quarto. Em seguida, todos foram para fora da casa em busca de ajuda. Neste momento, Túlio da Silva tentou enforcar-se, mas foi contido pelos vizinhos, que cortaram a corda. Assim que acordou, ele ainda fugiu do local, sendo preso em flagrante momentos depois.

Na decisão, foi acatada a tese do Ministério Público de que Túlio cometeu homicídio duplamente qualificado (por motivo fútil e contra mulher por razões da condição de sexo feminino). Foi ainda considerado o aumento da pena em razão de o crime ter sido cometido na presença dos filhos da vítima. (Texto: Cristina Rosa / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – foto: Banco de Imagem)

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#caldasnovas | Kleber Marra vence em todos os cenários, segundo Goiás Pesquisas/Mais Goiás

Se as eleições em Caldas Novas fossem realizadas hoje, o atual prefeito do município Kleber …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *