PMDB fará intervenção no partido em Caldas Novas

Sob o comando do ex-prefeito José de Araújo Lima, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em Caldas Novas, deve sofrer intervenção nos próximos dias. É o que garantiu os apresentadores do programa “A hora da notícia” da radio Educadora FM, Onofre Garcia e Pablo Maia.

Segundo eles, o Diretório Estadual tem pregado aliança com o Solidariedade, com o PRB, o DEM e outros partidos considerados de oposição em Goiás, e a orientação deve seguir em todos os diretórios municipais. De acordo com os radialistas, há um acordo e um entendimento, que se não houver candidato forte para o embate eleitoral de 2016, que os aliados unifiquem apoio em torno de um candidato oposicionista. Procurado, o presidente do diretório municipal, não foi encontrado para se pronunciar oficialmente. Segundo informações, o mesmo estaria viajando.

“A notícia que se tem através dos deputados José Nelto e também do deputado Paulo Cesar Martins, é que haverá sim uma interferência no diretório municipal porque o mesmo, já manifestou estar do lado da situação, ou seja, junto do atual gestor do município, e isso o deputado deixou claro que não será possível em hipótese nenhuma”, declarou Onofre Garcia.

APOIO DECLARADO

Na última sexta feira (30) o deputado José Nelto apresentou, portanto, um vídeo pelo facebook onde hipoteca, em nome de todo PMDB goiano, total e irrestrito apoio ao pré-candidato Alison Maia, ainda sem partido por ser militar. “Temos compromisso com a ética e com a moral. Nós do PMDB acreditamos, confiamos, apoiamos para a prefeitura de Caldas Novas, a mudança, a renovação, Alison Maia”, destacou o parlamentar.

Nos bastidores comenta – se que o apoio foi dado, sob principal argumento que havia um prazo para que o partido apresentasse um nome com condições comprovadas através de pesquisa eleitoral para a disputa, mas que nada teria sido feito até agora.

Por outro lado, há indícios da existência de uma forte articulação do PR estadual junto ao prefeito de Aparecida, Maguito Vilela e seu filho, atual presidente estadual do partido em Goiás, deputado federal, Daniel Vilela. Mas nada disso ainda, foi comprovado.

Resta agora saber como fica a situação de todo diretório municipal, que tem em seus quadros, empresários, ex-prefeitos e militantes, bastante envolvidos com a política local, além do próprio vereador, Claudio Costa, que ao que parece, está sendo repelido de todas as articulações da legenda estadual. Se confirmado o ato do Diretório Estadual, poderá ser deflagrada uma debandada geral do partido, lesionado devido à absoluta insegurança oferecida aos partidários e filiados.

 

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#caldasnovas | GESTÃO MUNICIPAL ANUNCIA MUDANÇAS NO COMANDO EM VÁRIAS PASTAS

Em Caldas Novas, as pastas de Saúde, Desenvolvimento Rural, Administração, Desenvolvimento Econômico, Relações Institucionais, Escola …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *