#caldasnovas | Hudson Matheus chama a atenção para a violência contra a mulher

O Vereador Hudson Matheus propôs Projeto de Lei e em seu bojo de justificativa chamou a atenção para refletirmos que uma das grandes causas da violência contra as mulheres ainda é a cultura machista, onde os homens se acham “donos” das mulheres, e quando a mulher não segue o padrão imposto pela sociedade, “não obedece”, ou decide terminar um relacionamento que a oprime, ela sofre os diferentes tipos de violência, desde a violência física, psicológica até a mais letal, o feminicídio.

Segundo o levantamento, o Brasil é o 5º país em morte violentas de mulheres no mundo, três em cada dez mulheres brasileiras sofreram algum tipo de violência nos últimos 12 meses. A principal delas é a ofensa verbal, seguida da ameaça de violência física. Em 61% dos casos, o agressor é conhecido da vítima, sendo principalmente companheiros e ex-companheiros.

Segundo as Nações Unidas, as motivações mais comuns dos agressores envolvem sentimento de posse sobre a mulher, o controle sobre o seu corpo, desejo e autonomia, limitação da sua emancipação (profissional, econômica, social ou intelectual) e desprezo e ódio por sua condição de gênero.

As mortes violentas por razões de gênero são um fenômeno global e vitimizam mulheres todos os dias, como consequência da posição de discriminação estrutural e da desigualdade de poder, que inferioriza e subordina as mulheres aos homens.

A violência de gênero que é a violência dos homens contra as mulheres, tem sido naturalizada por toda a sociedade. Acabar com a violência contra as mulheres não é uma tarefa fácil, porém é absolutamente necessária, e precisa envolver diversos setores governamentais e da sociedade com estratégias e ações articuladas, de tal forma, que resultem não só em denúncias ou medidas punitivas aos agressores, mas também em transformações sociais e mudanças da cultura e comportamentos.

Os dados são alarmantes, por isso é importante refletirmos e tomarmos consciência dessa triste realidade, compartilhar essas informações, pensar e se engajar nas ações pelo fim da violência contra todas as mulheres.

Hudson Matheus expressou que os órgãos do município precisam somar forças para sensibilizar toda a população quanto a esse tema gravíssimo. São muitos os casos se feminicídio, inclusive em nossa cidade, e esse problema é de toda a sociedade. E solicitou o empenho de toda a casa para combatê-lo.

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

COLUNA do Freitas – Banco Central contra o Brasil

Em primeiro lugar, esse espaço se solidariza com o povo do Rio Grande do Sul que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *