#educação | Bibliolibras expande acervo com novos contos dos Irmãos Grimm

O projeto Bibliolibras – Biblioteca Bilíngue de Literatura Infantil e Juvenil – Libras / Português anunciou a expansão de seu acervo com a publicação de quatro novas histórias clássicas dos Irmãos Grimm: Cinderela, O Ganso de Ouro, O Pobre Moço do Moinho e a Gatinha, João Fonte e Gaspar Fonte. Crianças surdas, ouvintes e deficientes visuais podem acessar os contos de forma gratuita pelo site da Bibliolibras.

De acordo com o produtor executivo do projeto, Pablo Regino, os contos foram adaptados para a Língua Brasileira de Sinais (Libras), gravados em áudio (Português), filmados com interpretação em Libras, editados no formato padrão da Bibliolibras e registrados com ficha catalográfica e ISBN. “Eles também estão disponíveis de forma gratuita no site da biblioteca e no Youtube, democratizando assim o conteúdo”, explicou.

Para ele, o objetivo principal é continuar, ampliar a inclusão e acessibilidade de crianças surdas e com deficiência visual. “As novas produções complementam a coleção de Contos dos Irmãos Grimm, que foi iniciada em abril de 2017 com 12 obras. Atualmente a Bibliolibras conta com 21 livros voltados para os públicos infantil e juvenil, além de um curso de Introdução aos Estudos Literários”, destacou Pablo.

As novas histórias são apresentadas em vídeos de aproximadamente 12 minutos, com áudio em português e interpretação simultânea em Libras. A produção dos livros audiovisuais conta com a colaboração da Prof. Dra. Maria de Regino, idealizadora do projeto e responsável pela adaptação e narração dos textos, e de Mariá Afonsina na tradução e interpretação em Libras.

A professora e escritora Maria de Regino conta que, atualmente, a Bibliolibras atende a uma necessidade crescente de conteúdos acessíveis para a comunidade surda no Brasil, com aproximadamente 3 milhões de pessoas. “A inclusão e acessibilidade à literatura infantil e juvenil são essenciais para a igualdade de oportunidades. O projeto já impactou mais de 13.500 usuários e tem sido aplicado em salas de aula de universidades e escolas de diversas cidades do país, além de ser tema de pesquisas acadêmicas e fazer parte da Cátedra de Leitura da Unesco”, disse ela.

O site da Bibliolibras segue as diretrizes de acessibilidade da Web Content Accessibility Guidelines (WCAG), garantindo acesso a pessoas com diferentes deficiências. O projeto será divulgado amplamente nas redes sociais e motores de busca, visando alcançar professores, alunos e o público em geral.

Sobre a Bibliolibras
A Bibliolibras é uma iniciativa pioneira que oferece conteúdo bilíngue em Libras e Língua Portuguesa para crianças surdas e ouvintes, promovendo a inclusão e acessibilidade à literatura infantil e juvenil. Desde sua criação em 2017, a Bibliolibras tem sido uma ferramenta valiosa para a divulgação da Libras e para a educação e inclusão de crianças surdas em todo o Brasil.

Para mais informações, acesse www.bibliolibras.com.br.

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#caldasnovas | Kleber Marra vence em todos os cenários, segundo Goiás Pesquisas/Mais Goiás

Se as eleições em Caldas Novas fossem realizadas hoje, o atual prefeito do município Kleber …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *