22 de janeiro de 2022

Caldas Novas: Briga de vizinhos acaba em tentativa de homicídio

Segundo informações da Policia Civil de Caldas Novas, uma equipe da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) prendeu hoje (30) em flagrante, Wilson da Silva Ramos, Gleisson Rodrigo e Luiz Antônio Gonçalves, moradores do bairro Parque Real, pela prática de tentativa de homicídio qualificado contra a Regina Celia Carneiro.

Após comunicação de desaparecimento, ocorrido por volta das 22 horas da noite de ontem (29), a equipe coordenada pela Delegada Sabrina Leles de Lima Miranda, assumiu as investigações, e com apoio da Policia Militar do 26º BPM foram empreendidas algumas ações e diligencias no sentido de buscar maiores informações sobre o caso.

Hoje pela manhã, a delegada tomou conhecimento de um resgate promovido pelo Corpo de Bombeiros de Caldas Novas em um matagal na zona rural do município, e que se tratava de Regina Celia. A vítima, resgatada com vida, apresentava diversas lesões pelo corpo e suspeita de fratura de crânio e vertebras.

Ouvida pela delegada, a vítima teria narrado a abordagem feita pelos suspeitos citados, e segundo ela, teria sido “jogada em um veículo”, onde sofreu várias agressões, como socos e chutes. Segundo ainda o depoimento da vítima, os agressores seriam seus vizinhos contra quais já havia lavrado um procedimento polícia, pelo crime de ameaça.

Imediatamente, equipes da Policia Civil e também da Policia Militar se deslocaram para a residência dos acusados, onde foi logrado êxito e feito a prisão em flagrante. Wilson da Silva Ramos, Gleisson Rodrigo e Luiz Antônio Gonçalves confessaram à pratica de tentativa de homicídio, alegando que o motivo seriam as “contraentes brigas” entre a vítima e os autores.

De acordo com a delegada Sabrina Leles, os autores foram autuados em flagrante delito, por tentativa de homicídio qualificado, por motivo torpe, meio cruel e meio que impossibilitou a defesa da ofendida, e devem ser recolhidos para a Unidade Prisional de Caldas Novas, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*