Últimas Notícias
Capa / Goiás / Cidades / #Morrinhos | AUDIÊNCIA PUBLICA LEVA CPI DA ENEL AO MUNICÍPIO

#Morrinhos | AUDIÊNCIA PUBLICA LEVA CPI DA ENEL AO MUNICÍPIO

O Presidente da Câmara Municipal de Morrinhos, Wellington Dias, confirmou a realização de uma Audiência Pública a ser promovida na Câmara de Morrinhos pelos deputados estaduais que são membros da CPI da Enel. O objetivo é debater com a comunidade as irregularidades no fornecimento de energia elétrica pela Enel, em Morrinhos.

Wellington Dias explicou que a audiência pública acontecerá na próxima sexta-feira, dia 14, às 09 horas da manhã no Plenário da Câmara de Morrinhos, com presença de alguns deputados que fazem parte da CPI da Enel, um representante da Enel, os vereadores e a comunidade em geral.

“É uma oportunidade ímpar para a comunidade de Morrinhos poder expor a sua insatisfação com os serviços da empresa. Os produtores rurais, comerciantes, industriais e a comunidade em geral devem comparecer pois os deputados e o representante da Enel estarão na Câmara de Morrinhos exclusivamente para ouvir as queixas de todos, identificar as falhas e saber onde estão as irregularidades no serviço para formar um relatório que fará parte da CPI da Enel na Assembleia Legislativa. Por isso, todos devem comparecer, inclusive quem mora nos municípios da região. É, sem dúvida, uma oportunidade que devemos aproveitar” – disse Wellington Dias, presidente da Câmara de Morrinhos.

A Audiência Pública em nossa cidade acontecerá atendendo ao requerimento do deputado Cairo Salim, líder do PROS na ALEGO.

Cairo Salim também solicitou audiências em Caldas Novas, Catalão e Itumbiara, além de Morrinhos.

CRIAÇÃO DA CPI DA ENEL
Na sessão ordinária do dia 28 de fevereiro, a Assembleia Legislativa de Goiás instaurou oficialmente uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar questões referentes à empresa privada Enel, atual distribuidora de energia para o Estado de Goiás.

Os parlamentares goianos querem entender o porquê da piora do serviço prestado.
Os deputados Henrique Arantes, do PTB e Alysson Lima, do PRB são os propositores da investigação e membros titulares da CPI.

Os cinco titulares da CPI são: Henrique Arantes (PTB), Alysson Lima (PRB), Diego Sorgatto (PSDB), Cairo Salim (Pros) e Amilton Filho (SD).
Os cinco suplentes são: Rafael Gouveia (DC), Thiago Albernaz (SD), Vinicius Cirqueira (Pros), Antonio Gomide (PT) e Tião Caroço (PSDB).

OBJETIVOS DA CPI DA ENEL
Entre os objetivos principais da CPI da Enel está o fato de apurar os termos contratuais da privatização, bem como os termos de investimento da empresa para o ano de 2018 e anos subsequentes.
A CPI investiga também o termo de privatização da Enel, especialmente o compromisso da empresa em investir R$ 1 bilhão por ano.

Também é alvo da CPI a venda da Companhia Energética de Goiás – CELG – para a italiana Enel.
Segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL – a Enel de Goiás foi classificada como a pior empresa fornecedora de energia do Brasil.

PREÇO DA ENERGIA ELÉTRICA EM GOIÁS

A CPI da Enel também investiga que, além de reclamações de serviço de baixa qualidade, a Enel também teve o maior reajuste no preço do kilowatt em todo o Brasil. Segundo os deputados goianos, enquanto a média de reajuste no País foi de 10%, na capital goiana, os preços subiram mais de 30%.

Leonardo Costa, da redação do Correio Sul Goiano

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*