#goiás | Policia Federal mira fraude na obtenção de certificado para atiradores

A Polícia Federal está nas ruas de Goiânia nesta sexta-feira (23/9) para cumprir cinco mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Registro Armado, que apura a obtenção de certificado de registro (CR) falso para atiradores e caçadores. Segundo a investigação, o caso envolve despachantes com atuação no Exército Brasileiro. 

Cerca de 30 policiais federais participam da operação. O objetivo dessa etapa é localizar nos endereços de cumprimento dos mandados computadores, celulares e documentos que servirão de provas durantes as investigações.

O grupo investigado poderá responder pelos crimes de falsificação e uso de documentos falsos, além de formação de quadrilha. Somadas, as penas podem alcançar 13 anos de reclusão.

O nome da operação faz alusão às atividades desempenhadas por despachantes de arma na obtenção de CR para atiradores e caçadores, com o uso de documentos falsos, levando a erro o Exército Brasileiro. 

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*