8 de dezembro de 2021

#Goiás | FINAL DE SEMANA: PM REALIZA PRISÕES, APREENDE DROGAS, ARMAS E MUNIÇÕES

A Polícia Militar, em ações realizadas entre a noite de sexta-feira (07/05) e este domingo (09/05), efetuou ao menos 27 prisões no Estado. Quatro delas foram de indivíduos que estavam foragidos da justiça. Um adolescente também foi apreendido. As detenções foram motivadas pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal e posse irregular de armas de fogo, homicídios e tentativa de homicídio, roubo de veículos, furto em estabelecimentos comerciais, estelionato e sonegação fiscal.

Em uma das diligências, as equipes fecharam uma estufa industrial para o cultivo indoor de skunk (supermaconha). As ações resultaram na apreensão de aproximadamente 100 pés de maconha, pelo menos 10 armas de fogo, munições de diferentes calibres, várias porções de drogas, insumos e diversos equipamentos usados na fabricação de entorpecentes, uma carga com 33 toneladas de grãos proveniente de crime fiscal, veículos roubados/furtados ou usados em crimes, objetos furtados e mais de R$ 20.000,00 em espécie.

Durante uma operação integrada com equipes da Polícia Federal e da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, também foram apreendidas 750.000 carteiras de cigarros contrabandeados do Paraguai. As principais ocorrências foram registradas na capital, em Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Senador Canedo, Anápolis, Simolândia, Ipameri, Catalão, Posse, Alto Paraíso de Goiás, Caturaí, Cidade de Goiás, Itapuranga, Sanclerlândia e Jussara.

Combate ao tráfico

Em ação das Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas (Rotam), os militares encontraram uma estufa industrial para cultivo de skunk, droga conhecida como supermaconha, em uma casa do Jardim Santo Antônio, em Goiânia. Na residência, os policiais apreenderam cerca de 100 pés da planta, dinheiro e balanças de precisão. Um homem foi preso em flagrante. O suspeito foi abordado na Avenida do Contorno, após uma denúncia anônima. Com ele, foi apreendida uma porção de entorpecentes.

Durante entrevista, o indivíduo confessou aos policiais que plantava a droga em sua residência e indicou o endereço. As equipes realizaram diligências e encontraram no local um total de seis estufas industriais, exaustores, ventiladores e um sistema de iluminação com aquecimento especial. Além disso, um circuito de câmeras de segurança estava sendo instalado para monitorar a plantação. O homem foi detido e encaminhado, junto aos materiais apreendidos, à Central Geral de Flagrantes (CGF) da capital.

Ainda em Goiânia, PMs do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) efetuaram a detenção de um indivíduo, no Setor Central, com diversas drogas e grande quantia em dinheiro. Os militares receberam denúncia sobre o crime em andamento e foram ao local averiguar. Na casa, foram apreendidos 1,6 quilo de haxixe, três porções de supermaconha, além da quantia de R$ 16.500,00 em espécie. O homem foi levado à Central de Flagrantes, onde foi autuado por tráfico de drogas.

Integração

Uma operação conjunta entre a Polícia Militar de Goiás, Polícia Federal e a PM do Mato Grosso do Sul (MS) resultou na apreensão de 1.500 caixas, contendo aproximadamente 750 mil carteiras de cigarro contrabandeadas. A ação foi realizada na última sexta-feira, na região Leste do MS. Além da carga, duas carretas foram apreendidas durante as diligências. A operação foi desencadeada com intuito de interceptar um comboio de caminhões, que estariam sendo utilizados para o transporte de cigarros contrabandeados.

A mercadoria teria sido adquirida no Paraguai e seria comercializada na região Centro-Oeste. Segundo levantamento de informações, os produtos eram levados por criminosos, que usavam a malha rodoviária do Mato Grosso do Sul e de Goiás. Os condutores abandonam os veículos e seguem sendo procurados. A apreensão gerou um prejuízo para a organização criminosa de aproximadamente R$ 4 milhões, além da possível sanção de perdimento dos veículos em favor da União.

As carretas e os cigarros apreendidos foram encaminhados à Receita Federal de Campo Grande (MS). Participaram da ação equipes do Comando de Operações de Divisas (COD / PMGO), Batalhão de Polícia Militar Rodoviário (BPMRV/MS), Serviço de Inteligência (PMGO), Agência Local de Inteligência (PMMS) e Polícia Federal.

(Secretaria de Segurança Pública – Governo de Goiás)

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*