Crise: 80% podem desistir da reeleição, diz prefeito de Caldas Novas

As informações são da Coluna “Nas Entrelinhas da Política” da radio 730AM

 

DESÂNIMO

A crise de falta de recursos que afeta as prefeituras está tão séria que pode afetar os projetos políticos de muitos prefeitos para o ano que vem. A opinião é do prefeito de Caldas Novas, Evandro Magal (PP). “Não há dinheiro federal, não há dinheiro estadual, não há dinheiro para nada… As eleições municipais estão indefinidas. Muitos dos meus colegas estão descrentes de ir para uma reeleição, com certeza 80% não tem motivação para isso”, avalia Magal.  “É muito difícil hoje ser gestor no Brasil: leis muito rígidas, responsabilidade fiscal imensa e, no entanto, não há recursos para bancar as despesas”, ainda disse.

CALDAS NOVAS

Sobre a sua própria reeleição em Caldas Novas, Magal lembra que no seu município – uma das cidades turísticas mais famosas do Brasil –  a situação de caixa e receita é um pouco melhor: “Mas se a eleição fosse hoje, com certeza, eu ia pensar duas vezes. É muito sofrimento e a cobrança da população é muito grande, principalmente com as redes sociais”, admite o prefeito.

MOBILIZAÇÃO

E ontem na Assembleia Legislativa, em evento da Federação Goiana dos Municípios, cerca de 50 prefeitos de todo o Estado participaram de discussões sobre a crise que afeta as prefeituras. Ao final, decidiram que as prefeituras vão paralisar quase todos seus serviços nos dias 29, 30 de setembro e 1º de outubro, além de realizarem uma Marcha no dia 30 aqui em Goiânia para chamar a atenção da sociedade.

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#goiás | 3ª Edição do Goyazes Festival de Fotografia: Um Encontro de Arte e Reflexão

A 3ª edição do Goyazes Festival de Fotografia será realizada a partir do dia 11 …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *