Coordenadoras de Centro de Recuperação são presas em Caldas Novas

Policiais civis de Caldas Novas, coordenados pela titular da Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher [DEAM], Sabrina Leles de Lima Miranda, prenderam, no dia 23 de janeiro, Wellyka Nóbrega de Oliveira e Camylla Cristina Pereira, coordenadoras do Centro de Tratamento de Dependência Química Reviver, pelo crime de cárcere privado qualificado. Ao chegarem no local, no Setor Universitário, a equipe da Polícia Civil, acompanhada de vigilantes sanitários e de agentes da Secretaria de Assistência Municipal de Caldas Novas, encontrou 20 mulheres reclusas em quartos da clínica de tratamento, sem a mínima estrutura para cuidado com pacientes.

Foi verificado que no local haviam duas adolescentes, quatro idosas de idade avançada e demais mulheres adultas. Algumas internas apresentavam quadro de dependência química, mas outras possuem doenças mentais, tais como esquizofrenia, transtorno bipolar, depressão e doenças senis. Segundo a delegada, a investigação se iniciou após a morte de uma interna, na madrugada anterior à diligência. A vítima em questão apresentava quadro de esquizofrenia e transtorno bipolar, não sendo dependente química. As causas da morte estão sendo investigadas. As internas encontradas no local foram entregues às famílias.

[Fonte: Policia Civil de Goiás]

https://www.facebook.com/agenciapress/photos/a.413864142084343.1073741827.413713568766067/956992747771477/?type=3&theater

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#goiatuba | Prefeito Zezinho segue entregando obras importantes para a população

Nesta terça-feira, 11, o prefeito Zezinho Vieira (PP) ao lado da primeira-dama, Maura Marques realizou …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *