8 de dezembro de 2021

coluna | BASTIDORES 🎯

PARA COMEÇAR
Todo ano é a mesma coisa. Governos batem cabeça em busca de uma solução para o angustiante problema da falta de água. Aqui, em Caldas Novas, não é diferente. Aliás, nada difere na questão hídrica, mas na produção de ‘oportunistas de plantão’, que dizem ter a solução para o problema, a cidade é especialista. Acorda gente!

PASSAPORTE
Enquanto muitos municípios goianos resistem em decidir sobre a exigencia da questão do passaporte da vacina contra Covid-19 em locais públicos, o município de Caldas Novas acompanha cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, e já aderiu – ao menos em eventos com bilheteria – à exigencia ao passaporte.

INCENTIVO
Para Rodrigo Brum, secretário de Relações Governamentais de Caldas Novas, a exigência da apresentacao do comprovante de vacinacao ou teste negativo para a covid-19 em eventos no municipio, “é uma maneira de estimular que os mais jovens se vacinem”.

VACINAÇÃO
E por falar em vacinação, nesta quarta-feira [29] a Secretaria de Saúde de Caldas Novas ampliará a vacinação contra a Covid-19 para adolescentes em geral de 14 a 17 anos. A imunização acontece na Rodoviária Municipal das 8h às 12h. É obrigatorio que os adolescentes estejam acompanhados de um responsável e leve documento pessoal com foto, comprovante de endereço e cartão do SUS. Vacina SIM!

HOSPITAL
O terreno onde seria construído o Centro de Referência e Excelência em Dependência Química (Credeq), em Rio Verde, será destinado à implantação de um setor empresarial para abrigar empresas de micro e pequeno porte. O projeto já tramita na Alego. Em Caldas Novas, o vereador Weuller Gonçalves [MDB] tem buscado a união dos parlamentares para viabiizar á construção de um Hospital Municipal na área do Credeq no municipio.

JOGO RÁPIDO
▶️ Queda de braço – Petrobrás sinaliza aumento de preço dos combustíveis após Bolsonaro falar em redução. Enquanto isso, quem está na ‘ponta da linha’ sofre com os altos preços dos combustiveis.

▶️ Apoio – A Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) foi uma das instituições contempladas, em nível nacional, para receber o apoio da Fundação Abrinq, por meio do programa Nossas Crianças. O programa tem como objetivo prestar apoio e acompanhamento a jovens gestantes e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

▶️ Reforço – Ministério da Saúde anuncia a terceira dose da vacina contra Covid-19 para quem tem mais de 60 anos. Até aqui, o Ministério da Saúde havia anunciado a dose de reforço para imunossuprimidos, profissionais de saúde e pessoas com 70 anos ou mais.

▶️ Alerta – No próximo dia 30 de setembro vence o prazo para que sejam revalidadas Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) vencidas entre maio e julho do ano passado. Os vencimentos, suspensos devido à pandemia, foram retomados e foi estabelecido um calendário escalonado para evitar correria aos órgão de trânsito

▶️ Projeto – Portadores de deficiência que adquirirem veículo novo em Goiás, no valor de até R$ 140 mil, poderão ficar isentos do ICMS e do IPVA, conforme projeto do deputado estadual, Charles Bento [PRTB]. O teto atual é de R$ 70 mil.

POLITICA EM FOCO
☑ Caso se confirme, Caldas Novas poderá ter o registro de quatro candidaturas para deputado federal pelo municipio: Magda Mofatto [PL], Evandro Magal [PSDB], Coronel Belelli [PSL] e Alan Cassio [MDB].

☑ O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, confirmou a saída do MDB durante transmissão realizada na noite desta terça-feira [28], pelas redes sociais e confirmou a possibilidade de efetivar candidatura ao governo estadual, em oposição a Caiado e Daniel Vilella, DEM e MDB respectivamente.

☑ Radicado nos EUA, Sérgio Moro passou pelo Brasil, ouviu mundos coloridos do Podemos para disputar a Presidência mas, cauteloso, pediu pesquisas com seu nome.

☑ Lula da Silva e o PT abriram consulta interna com dirigentes e militantes para definir o slogan da campanha de 2022. “Rumo Certo” surge como um dos temas.

☑ O presidente nacional do DEM, ACM Neto, disse em declaração essa semana, que a prioridade da fusão DEM-PSL é ter candidato próprio a presidente do país. Ou seja, nem Bolsonaro e nem Lula. Deve refletir em Goiás.

☑ A rejeição as coligações proporcionais quebrou o pino de centro de algumas reeleições para deputado federal e estadual. Por outro lado, por meio da formação de federação partidária, partidos poderão se unir para atuar como uma só legenda por um mínimo de quatro anos.

PARA FINALIZAR
“O homem não teria alcançado o possível se, repetidas vezes, não tivesse tentado o impossível” [Max Weber]

Teresa Cristina Teka é jornalista, radialista/produtora executiva, assessora em comunicação e marketing digital, e editora da Agência Press.

☑ As informações/opiniões aqui escritas são de cunho pessoal e não necessariamente refletem posicionamentos da Agência Press.

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*