#caldasnovas | Morte de criança deve ser esclarecida após laudo do SVO

Em Caldas Novas, a morte de uma criança de nove anos deverá ser esclarecida pelas autoridades de saúde. O pequeno J.A.M.F.A foi a óbito na manhã desta segunda-feira (11), por volta das 6:23h, após dar entrada no Hospital Municipal ‘Dr. André Ala Filho’ com quadro de insuficiência respiratória e uma possível pneumonite química.

A equipe médica que atendeu a criança solicitou a necrópsia e uma avaliação com laudo técnico do Serviço de Verificação de Óbito – SVO, e o resultado da ‘causa mortis’ deve sair em 30 dias. A família alega negligência médica.

Em nota, a prefeitura afirma que a criança deu entrada na unidade hospitalar no plantão noturno no domingo, 10, com saturação entre 68% a 75% e o estado se agravou pela madrugada, chegando a uma saturação crítica de 46% – 52%. Na impossibilidade de intubação, que segundo a equipe médica ‘não teria sido autorizada pela família’, todos os recursos medicamentosos teriam sido utilizados.

A secretaria Municipal de Saúde afirma ainda que ‘está colaborando para que toda a apuração seja conduzida de forma ágil e para que todos os fatos sejam elucidados’. Confira a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura de Calda Novas, através da Secretaria Municipal de Saúde vem, por meio desta nota, lamentar profundamente o falecimento da criança, J.A. M. F. A, de 9 anos, ocorrido nesta segunda-feira, 11, e prestar os mais sinceros pêsames aos seus familiares.

Esclarecer que, a criança deu entrada no Hospital Municipal ´André Ala Filho´ no plantão noturno no dia 10/07/2022 e que, no momento da avaliação médica, o paciente se encontrava com saturação entre 68% a 75%, ocasião em que teria sido indicado pela equipe médica, devido à gravidade do caso, o imediato procedimento de intubação, o que foi negado pela família.

De acordo com laudo médico, ao longo da madrugada o quadro evoluiu com piora significativa da respiração, chegando a saturar 46% – 52%, quando novamente foi alertada a necessidade imediata de intubação, tendo novamente posição contrária da responsável, sendo permitido o procedimento somente na manhã desta segunda-feira, 11/07/2022.

Segundo ainda o documento assinado pelas médicas, Dra. Juliana Bonfante Martins e Dra. Stefanny de Paula Silva, após o procedimento de intubação, a criança entrou em parada cardiorrespiratória devido ao agravamento do quadro, e mesmo tendo sido feito todo procedimento de reanimação cardiopulmonar, durante aproximadamente 40 minutos, o óbito foi constatado às 06:23hs.

Para melhor verificação da causa do óbito, a equipe médica solicitou avaliação do Serviço de Verificação de Óbito –SVO para necropsia e o resultado deve sair em 30 dias.

A secretaria de Saúde enfatiza que está colaborando para que toda a apuração seja conduzida de forma ágil e para que todos os fatos sejam elucidados.

Respeitosamente, nos colocamos à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

Secretaria de Comunicação
Prefeitura de Caldas Novas

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

COLUNA do Freitas – Banco Central contra o Brasil

Em primeiro lugar, esse espaço se solidariza com o povo do Rio Grande do Sul que …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *