Africano chega a Goiânia por engano ao tentar viajar à Guiana Francesa

O professor africano Emmanuel Akomanyi, de 29 anos, veio parar em Goiânia, por engano, ao tentar viajar à Guiana Francesa. Natural de Gana, ele conta que a confusão ocorreu no aeroporto de São Paulo, onde pediu a um funcionário de uma agência de turismo uma passagem para o país vizinho. No entanto, o atendente confundiu a pronúncia e entendeu que ele se referia à capital goiana. Agora, o africano não tem dinheiro para seguir viagem.

Emmanuel só descobriu que estava na cidade errada quando entrou dentro do táxi em Goiânia, no dia 14 de fevereiro, e mostrou o endereço de uma universidade na Guiana Francesa. “Então, ele [taxista] me mostrou no mapa onde eu estava: Goiânia. E eu disse: Estou perdido”, relata o professor.

A agência de turismo que vendeu a passagem de São Paulo a Goiânia, a Visão Turismo, informou, em nota, que opera há oito anos no Aeroporto Internacional de Guarulhos e que todos os funcionários falam inglês. A empresa afirma que o cliente pediu a passagem para Goiânia e não à Guiana Francesa.

Sonho de ser médico
O africano deixou a família em busca do sonho de ser médico. De acordo com o professor, ele economizou por dois anos para viajar de Gana à Guiana Francesa, onde ganhou uma bolsa de estudos para cursar medicina.

Como gastou parte do dinheiro para comprar a passagem errada, Emmanuel não tem a quantia suficiente para viajar ao país vizinho. Ele possui apenas R$ 37 e US$ 37.

O africano só não está na rua devido à ajuda de funcionários e passageiros do Aeroporto Santa Genoveva, que custearam a estadia em um hotel simples da capital por alguns dias. Depois, a dona de casa Lourdes Ricardo soube da história e ofereceu um quarto em sua residência para que o professor se hospedasse. “Tem espaço na minha casa, tem um quartinho desocupado, então eu trouxe ele pra cá, até ver como é que fica”, diz Lourdes.

A dona de casa iniciou uma campanha para ajudar Emmanuel a seguir viagem. “Eu queria que as pessoas colaborassem também doando dinheiro. Se alguma agência de viagem puder dar uma passagem também, ele ia ficar muito grato”, pede Lourdes.

About Teresa Cristina [Teka]

Check Also

#caldasnovas | Kleber Marra vence em todos os cenários, segundo Goiás Pesquisas/Mais Goiás

Se as eleições em Caldas Novas fossem realizadas hoje, o atual prefeito do município Kleber …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *