Últimas Notícias
Capa / Destaques / #Goiás | LUGAR DE MULHER É ONDE ELA QUISER

#Goiás | LUGAR DE MULHER É ONDE ELA QUISER

 

meninas

Número de alunas na escola de tecnologia Happy Code Goiânia tem crescido nos últimos meses

As funções relacionadas à tecnologia ainda estão muito vinculadas ao homem. Resquícios de uma sociedade patriarcal fazem com que elas sofram preconceito ao atuarem nesta área. Na escola de tecnologia Happy Code Goiânia essa realidade tem sido diferente. Tem crescido a procura de pais de meninas para aulas envolvendo projetos de programação e robótica.

A coordenadora pedagógica, Sabrina Lemos, quem tem duas filhas, uma de 9 e outra de 5 anos, conta que desde pequenas elas demonstraram interesse pela tecnologia.“Tudo começou porque uma delas, a Rafaela queria um canal no Youtube. Hoje, além do curso de youtuber, ela e a Clarice fazem aulas de maker, que alia a velha maneira de brincar com aplicação de robótica e programação e desenvolvimento de games”, afirma.

Sabrina acredita que para aumentar a presença das mulheres na tecnologia, os pais precisam estimular suas filhas a terem contato com esse campo. “Isso é feito da mesma forma do que para os meninos, estimulando a busca pelo conhecimento e o aprendizado tecnológico”, explica.

Atualmente, a escola conta com três alunas de youtuber, duas de maker, duas de desenvolvimento de games, uma de programação com o scratch, que traz um novo conceito de programação mais visual e uma de Minicraft. Para o coordenador de tecnologia da Happy Code Goiânia, Nelson Marques, a falta de mulheres na tecnologia é um desperdício muito grande e uma perda para toda a sociedade. “Afinal, ao longo das últimas décadas, elas têm mostrado que podem dar uma contribuição gigantesca, e as novas gerações de meninas precisam dessa oportunidade”, falou.

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*