Últimas Notícias
Capa / Goiás / Cidades / Caldas Novas / Policia Civil apresenta autor de homicídio que causou comoção popular

Policia Civil apresenta autor de homicídio que causou comoção popular

criminoso

Na tarde desta segunda-feira, [06] a Polícia Civil de Caldas Novas apresentou o autor do homicídio qualificado praticado em desfavor de VALDERLAN GUERRA, 55 anos, ocorrido no dia 03/02/2017. Após quase um mês complexas diligências, cruzamentos de dados e análise de imagens, foi possível reunir provas inequívocas sobre o autor dos disparos que ceifaram a vida de VANDERLAN. O autor foi identificado como VALDECI PAULA SIQUEIRA, 52 anos.

Segundo apurado pela Polícia Civil, o autor e a vítima se envolveram em um acidente de trânsito em novembro de 2016, oportunidade em que VALDERLAN comprometeu-se a pagar os custos do conserto do veículo de VALDECI. Após realizar os reparos no veículo, por diversas vezes VALDECI tentou receber o reembolso de VALDERLAN, mas não chegaram a um acordo financeiro, o que teria deixado VALDECI revoltado.

No dia 03 de fevereiro deste ano VALDECI, em uma noite de fúria, primeiramente efetuou vários disparos de arma de fogo contra a sua então namorada, IONE PENHA RODRIGUES, 38 anos, tendo sido preso em flagrante por este motivo. Porém, o que até então não se sabia, era que após matar IONE, VALDECI se dirigiu até uma conhecida academia da cidade, onde VALDERLAN fazia suas atividades físicas. De forma premeditada, VALDECI aguardou o momento em que VALDERLAN saía daquele local, e no momento em que a vítima se aproximou do seu veículo houve uma discussão entre eles. Ao perceber que não receberia seu dinheiro naquele momento, VALDECI efetuou dois disparos de arma de fogo na direção do peito de VALDERLAN. A vítima foi socorrida e encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento, vindo a falecer posteriormente.

Nesta Delegacia, VALDECI confessou a autoria do crime, bem como informou que a arma utilizada para matar VALDERLAN foi a mesma utilizada no crime cometido contra IONE, a qual foi apreendida na oportunidade de sua prisão. VALDECI foi conduzido ao presídio local, onde ficará à disposição da justiça. Se condenado pelo crime de homicídio qualificado o investigado poderá pegar cerca de 30 anos de prisão.

Fonte: Policia Civil

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*