Últimas Notícias
Capa / Destaques / Marconi intensifica diálogo com internautas por meio do programa “Governador Responde”

Marconi intensifica diálogo com internautas por meio do programa “Governador Responde”

O governador Marconi Perillo realizou, hoje, a terceira edição do programa “Governador Responde”, lançado no início deste mês para ampliar os meios de interação com os internautas goianos.   Marconi tem recebido diversas perguntas de internautas, que se comunicam com ele pelo e-mail  goias.governo@gmail.com . As perguntas podem ser enviadas por meio de vídeos de até 15 segundos ou por escrito. A jornalista Manuela Guerra faz a mediação entre o internauta e o governador, que responde por meio de um vídeo postado em suas redes sociais. Nesta edição, Marconi falou sobre o anúncio do empenho de R$ 34,5 milhões para recuperar imediatamente as rodovias goianas, sobre a convocação de concursados da UEG, da defensoria pública e sobre a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff.

 

Sobre Rodovias

Esperam soluções rápidas para os problemas que ainda temos nas rodovias goianas. É bom relembrar que nos últimos quatro anos nós reconstruímos 4,5 mil quilômetros de rodovias, mas ainda sobraram 1.100 quilômetros que estavam previstos para o ano passado e que não foram reconstruídos por falta de recursos. Mas, neste ano, tomei a primeira providência em janeiro que foi fazer o primeiro empenho destinando R$ 212 milhões para manutenção e conserva dos 22 mil quilômetros de rodovias asfaltadas e não asfaltadas. Agora, nós tínhamos feito um plano de reconstrução dessas rodovias. Como o Brasil está parado por conta do processo de impeachment e por conta da crise financeira, nós fizemos um plano B, que é o de agir emergencialmente nos 1.100 quilômetros de rodovias que estão com problemas. Eu liberei, hoje, R$ 34,5 milhões para que as empresas possam entrar e realizar obras que possam dar trafegabilidade a essas estradas. Exemplo: Caldas Novas – Pires do Rio; Caldas Novas – Ipameri; Santa Fé – Britânia, que são estradas que precisam de rápidas intervenções. Isso será feito a partir de agora, e quando nós tivermos recursos para reconstrução, aí vamos entrar, vamos arrancar o asfalto velho e fazer tudo de novo.

 

GO de Porangatu a Montividiu do Norte

Essa é uma prioridade. Comecei essa rodovia no ano 2004, deixamos uma boa parte dela pronta. Depois, houve a necessidade de um novo projeto, de uma nova licitação. Esse projeto e essa nova licitação já estão prontos e agora, tão logo tenhamos recursos disponíveis – e estamos viabilizando esses recursos-  vamos recomeçar e terminar.

 

Concursados da UEG

O reitor da UEG tem, hoje, autonomia administrativa e financeira. Nós já autorizamos realização do concurso, e ele deve estar definindo um cronograma para começar a convocar esses concursados. Essa foi uma prioridade que eu defini no ano passado com ele e, com certeza, ele dará prosseguimento à convocação dos concursados.

 

Remuneração do servidor público

Nós, em Goiás, talvez estejamos em uma situação privilegiada. Durante todos os meus três governos anteriores, sempre paguei os servidores públicos de forma adiantada, antes do final do mês. Pela primeira vez, por conta dessa grave crise, no ano passado nós passamos a pagar uma parte dos servidores até o dia 30; ou seja, adiantado, e a outra parte de acordo com a lei, até o dia 10 do mês seguinte. Agora, pelo que conhecemos hoje do Brasil, Goiás talvez seja o único estado a fazer isso. Ou seja, pagar grande parte dos seus funcionários adiantada, e a outra dentro da lei. Vários estados estão atrasando um mês, dois meses. É muito lamentável isso. Mas, infelizmente, é a realidade da crise. Aqui em Goiás nós fizemos todos os ajustes para que não haja qualquer tipo de atraso.

 

Defensoria Pública

Vamos nomear mais defensores de acordo com as possibilidades financeiras do governo. Os defensores são importantíssimos. Nós já nomeamos 30 nos últimos meses e vamos convocar novos defensores à medida das possibilidades financeiras do Estado. Mas não tenho dúvidas da importância de convocação dos defensores.

 

Impeachment

Como governador, sempre mantive uma relação republicana com o governo federal e com todos os governos municipais. Eu não estarei lá para votar, não sou parlamentar. Mas é importante que o cidadão acompanhe os votos dos deputados e senadores que são da minha bancada de apoio aqui em Goiás. Nós temos 13 deputados e deputadas que me ajudaram e que são da minha base de apoio na Câmara, e dois senadores: a senadora Lúcia Vânia e o senador Wilder que são da nossa bancada de sustentação no Senado. Para saber qual é a opinião do bloco que está comigo, basta observar no domingo agora como votarão os deputados e senadores da nossa base.

 

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*