Últimas Notícias
Capa / Goiás / Cidades / Caldas Novas / #CaldasNovas | MANIFESTAÇÃO CONTRA PRISÃO DE BELELLI GANHA AS RUAS

#CaldasNovas | MANIFESTAÇÃO CONTRA PRISÃO DE BELELLI GANHA AS RUAS

50766667_1479567458847334_2961099055435874304_n

Um pequeno grupo de manifestantes foi às ruas de Caldas Novas na manhã desta segunda-feira [28] para protestar contra a prisão do ex-comandante do 26º Batalhão de Policia Militar, Tenente Coronel Carlos Eduardo Belelli, detido pela Operação ‘Circo da Morte’ deflagrada em dezembro pelo Ministério Público de Goiás e Polícia Federal.

De acordo com estimativa da Policia Militar, cerca de 20 pessoas acompanharam a manifestação, juntamente com um trio elétrico e alguns veículos. Com faixas e cartazes, os manifestantes buscam apoio da população no sentido de mobilizar as autoridades em prol da liberdade dos militares. Um abaixo assinado estaria inclusive, reunindo assinaturas pela cidade, para fortalecer a defesa dos acusados.

Dias atrás, a esposa do TC Belelli, a empresária Valéria Mendes, postou um ‘desabafo’ em suas redes sociais e chegou cobrar ‘a falta’ de apoio da deputada federal, Magda Mofatto [PR] que, segundo ela, ‘sequer manifestou a respeito da prisão’ do militar, que foi candidato a deputado estadual em dobradinha com a parlamentar nas ultimas eleições.

“[…] É para ser mulher palavra falta muito ainda, desculpe aqueles que gostam, mas não sou obrigada a tapar meus olhos quando vejo uma tamanha falsidade essa sou eu e não tenho medo da verdade e a verdade sempre vem à tona e acredito que todo mundo já sabe quem é quem nesta cidade é só um desabafo de uma esposa que todas as vezes que faz a visita seu marido fica triste, pois quando ele era o comandante da cidade era rodeado de amigos políticos, que quando entrou na política metade desapareceu e agora que está detido à outra metade sumiu, e agora ficam aí fingindo ser quem não é. Pronto falei! Quem achar ruim me exclui do face que ninguém é obrigado a gostar de ninguém e nem sou eu obrigado a ser fingida”, destacou Valéria Mendes.

ACUSAÇÃO
Segundo informações do MP, os cinco militares presos na operação, estão sendo processados criminalmente pela prática de dois homicídios qualificados praticados na comarca de Santo Antônio do Descoberto e por ocultação de cadáver, além de serem suspeitos de integrarem um grupo de extermínio em Goiás.

A denúncia criminal inclusive foi recebida pelo juízo da comarca daquele município, tendo sido decretada a prisão preventiva de todos os denunciados. Em relação ao delito de associação criminosa na modalidade “grupo de extermínio”, o Ministério Público de Goiás aguarda o término das investigações da Polícia Federal e o respectivo encaminhamento do inquérito policial que se encontra dentro do prazo legal.

Agência Press |Notícias |Jornalismo
Marketing Digital | Redes Sociais

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*