Últimas Notícias
Capa / Goiás / Cidades / Caldas Novas / Caldas Novas: Candidato a vereador desmente boatos sobre sua prisão

Caldas Novas: Candidato a vereador desmente boatos sobre sua prisão

O candidato a vereador, Gumercindo da Retífica [PSC] afirmou hoje [09] em nota de esclarecimento e também, através de um vídeo exibido pelas redes sociais, que a informação de que ele teria sido preso na noite de ontem [08] é totalmente inverídica e tendenciosa. Segundo ele, “tudo não passou de mais uma tentativa frustrada, de denegrir a sua imagem”. No vídeo, Gumercindo cita ainda, que a farsa teria sido montada com intuito de prejudicar sua candidatura a vereador e favorecer, a candidatura do genro do suposto denunciante.

O candidato esclarece ainda, que esteve na Delegacia de Polícia de Caldas Novas, na presença da delegada, Dra. Sabrina Leles, prestando esclarecimentos sobre uma denúncia de compra de votos e que nem o ex – vereador Paulinho Cai Cai, muito menos o prefeito Evandro Magal, estiveram no local para quaisquer esclarecimentos. “Nem intimados ou convidados a depor sobre o caso, eles foram”, relata ele.

Além de desmentir os boatos publicados, considerando – os como sendo “maldosos”, Gumercindo afirmou também, desconhecer o fato de que Policia Federal tenha realizado qualquer operação de busca ou apreensão em relação à denuncia apresentada. “Isto foi um grande equívoco dos opositores, que tentaram denegrir minha imagem perante a população de Caldas Novas”, ressaltou.  Para ele, todas as ofensas e calunias serão cobradas judicialmente.

Vale lembrar que produzir, divulgar ou compartilhar informações falsas pela internet, é crime. Além do tom alarmista, a grande maioria dessas informações sensacionalistas têm uma característica em comum: são mentiras que somente disseminam pânico e trazem prejuízos aos envolvidos. Propalar mentiras traz responsabilidades, inclusive no âmbito civil. Pode-se, dependendo do caso, responder por injúria, difamação ou calúnia, segundo advogados especialistas em crimes cometidos via internet. Acompanhe a nota divulgada pelo candidato.

 

Nota de esclarecimento

Está circulando nas redes sociais que eu, Gumercindo da Retífica, candidato a vereador, fui conduzido para a Delegacia pela Policia Federal. Isso é MENTIRA.

Eis a verdade: estive, sim, na Delegacia de Polícia de Caldas Novas na presença da Delegada Dra. Sabrina Leles, para prestar esclarecimento sobre a denúncia que fizeram em meu nome, denúncia está totalmente sem FUNDAMENTO, ou seja, “vazia”.

Venho através desse esclarecimento expor minha completa indignação com essa injustiça, onde meu nome foi vinculado numa suposta intervenção nos programas sociais, tais como BOLSA FAMÍLIA e RENDA CIDADÃ.

Para quem me conhece, sabe que não compactuo com esse tipo de corrupção! Sou um homem PÚBLICO e de CARÁTER inabalável.

Isto foi um grande equívoco dos opositores, que tentaram denegrir minha imagem perante a população de Caldas Novas.

Sou empresário, filho de Caldas Novas, ex-vereador e agora como candidato a vereador, minha vida PÚBLICA fala por mim.

Volto a ressaltar, “NÃO COMPACTUO COM CORRUPÇÃO”.

Obrigado a todos.

 

Gumercindo da Retífica

Candidato a vereador / Caldas Novas

Sobre Teresa Cristina [Teka]

Teresa Cristina [Teka]

Um comentário

  1. Gumercino acredito na sua conduta, mas me diga uma coisa. O que acontece mesmo com aquela obra lá em Nova Crixas? Será que aquele orçamento está certp? R$ 2.300.000,00 por um obra que explicitamente se faz com menos da metade, e porque mesmo a WG sua empresa que e a licitadora não está fazendo a obra e sim uma empresa de Formoso do Araguaia, de qual CNPJ não existe, estranho não acha?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*